TCE-PI elege nova diretoria para o biênio 2019/20

TCE-PI elege nova diretoria para o biênio 2019/20

TCE-PI elege nova diretoria para o biênio 2019/20

IMAGEM: ASCOM TCE-PI

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí elegeu na manhã desta segunda-feira (29) a nova diretoria da Corte para o biênio 2019/20. Na ocasião, o conselheiro Abelardo Pio Vilanova e Silva, por unanimidade, presidente da casa, em substituição ao atual presidente, conselheiro Olavo Rebelo. A conselheira Lilian Martins foi eleita vice-presidente. A eleição ocorreu em sessão extraordinária presidida pelo conselheiro Luciano Nunes, decano do TCE-PI.

Compõem ainda a diretoria eleita os conselheiros Kléber Eulálio, para a Corregedoria-Geral; Waltânia Alvarenga, para a Controladoria; e Olavo Rebelo, para a Ouvidoria. Os conselheiros-substitutos Delano Câmara e Alisson Araújo foram escolhidos como auxiliares da Ouvidoria e da Controladoria, respectivamente. Os conselheiros Luciano Nunes e Kennedy Barros foram eleitos presidentes da 1ª e da 2ª Câmaras, respectivamente.

O conselheiro-substituto Jackson Veras foi eleito conselheiro-auxiliar da Presidência e o conselheiro-substituto Jaylson Campelo, para a diretoria-geral da Escola de Gestão e Controle Cons. Alcides Nunes (EGC). A vice-diretora eleita da EGC é a auditora de Controle Externo Valéria Leal, diretora de Fiscalização da Administração Estadual. A nova diretoria tem até o dia 20 de dezembro para a posse administrativa. A nova gestão iniciará oficialmente em 1º de janeiro de 2019.

IMAGEM: ASCOM TCE-PI

Quem é Abelardo Vilanova?

Natural de Regeneração (PI), Abelardo Pio Vilanova e Silva é bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Piauí e especialista em Controle Externo da Administração Pública. É servidor de carreira do TCE-PI, onde ingressou por meio de concurso público para o cargo de auditor de Controle Externo, em 1995. Em 2002, foi nomeado conselheiro, na cota de auditor.

Atual vice-presidente do TCE-PI, ele vai ocupar pela segunda vez a presidência da Corte de Contas – a primeira foi no biênio 2009/10. Foi ainda vice-presidente nas gestões 2002/03 e 2007/08. Ao se pronunciar após a eleição, ele agradeceu a confiança dos conselheiros e disse que administrará o TCE-PI com a colaboração de todos os membros, servidores e procuradores do Ministério Público e Contas (MPC).

 

 

FONTE: Assessoria de Imprensa do TCE-PI

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *