Hospital Regional de Uruçuí tem contas julgadas irregulares por falhas graves em processo de licitação

Hospital Regional de Uruçuí tem contas julgadas irregulares por falhas graves em processo de licitação

Hospital Regional de Uruçuí tem contas julgadas irregulares por falhas graves em processo de licitação

Imagem reprodução da internet

 

O Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde, localizado no município de Uruçuí, teve suas contas de gestão, referentes ao exercício financeiro de 2016, sob responsabilidade dos gestores Edmar José de Figueiredo (diretor do hospital),  Francisca Lilian Rocha de Santana Martins Coelho (chefe do setor de pessoal) e Nazaré da Silva (diretora financeira) julgadas irregulares em sessão da segunda câmara do TCE-PI, realizada em dezembro de 2018.

O julgamento de irregularidade atendeu o parecer do Ministério Público de Contas que, através do Procurador Pinheiro Júnior, considerou graves as falhas nos processos licitatórios na compra de materiais e prestação de serviços que, somados, ultrapassam o valor de dois milhões de reais.

Segundo o parecer ministerial, irregularidades como o superfaturamento, contratação arbitrária (sem licitação e/ou pesquisa de preços), além da compra de material sem planejamento ou justificativa não forma sanadas pela defesa dos gestores.

O relator do processo, Conselheiro-Substituto Jackson Veras, acatou o parecer ministerial sendo, em seguida, acompanhado por unanimidade pelos conselheiros que compõem a segunda câmara da Corte de Contas. Na ocasião, além do julgamento de irregularidade, ficou determinado aplicação de multa ao diretor responsável pelo Hospital, Edmar José de Figueiredo.

 

 

Fonte: ASCOM Ministério Público de Contas do Piauí

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *